Pavão Mysteriozo

Ednardo

 

Intr.: A

    A               G           D     A               E

Pavão mysteriozo, pássaro formoso, tudo é mistério nesse teu voar

      A                   G               D

Ah, se eu corresse assim, tantos céus assim

  A               E             A

Muita história eu tinha prá contar

   F#m                    B               F#m

Pavão mysteriozo nessa cauda aberta em leque

Dm                 Am             E7

Me guarda moleque de eterno brincar

    Am               Dm

Me poupa do vexame de morrer tão moço

Am           E              A   A4   A5-   A4

Muita coisa ainda quero olhar

REFRÃO

  F#m                   Am         Am/G

Pavão mysteriozo, meu pássaro formoso

      G                  C

No escuro desta noite me ajuda a cantar

Am                      Dm

Derrama essas faíscas, despeja esse trovão

Am                         E            A   A4   A5-   A4

Desmancha isso tudo que não é certo não

    A               G           D

Pavão mysteriozo, pássaro formoso

A                  E

Um conde raivoso não tarda a chegar

     A                A7           D           Dm

Não temas minha donzela, nossa sorte nessa guerra

A                     E            A

Eles são muitos mas não podem voar

 

 

Artigo 26
Tom :E
         E     A    B7      E
Olha o padeiro entregando o pão
                A    B7      C#m
De casa em casa entregando o pão
        D                             E
Menos naquela, aquela, aquela, aquela não
                         A     B7  E
Pois quem se arrisca a cair no alçapão?
                         A     B7  E
Pois quem se arrisca a cair no alçapão?
                          B7
Anavantu, anavantu, anarriê
                                    E
Nê pa dê qua, nê pa dê qua, padê burrê
                  E/D       A/C#   A
Igualitê, fraternitê e libertê
        E           B7
Merci bocu, merci bocu
          E
Não há de que
          E     A    B7      E
Rua Formosa, moça bela a passear
                A    B7      C#m
Palmeira verde e uma lua a pratear
       D                         E
Um olho vivo, vivo, vivo a procurar
                    A     B7  E
Mais uma idéia pro padeiro amassar
                     A     B7  E
Mais uma idéia pro padeiro amassar
             B7
Anavantu, anavantu, anarriê
                                    E
Nê pa dê qua, nê pa dê qua, padê burrê
                  E/D       A/C#   A
Igualitê, fraternitê e libertê
        E           B7
Merci bocu, merci bocu
          E
Não há de que
 E     A    B7      E
Você já leu o artigo 26
                A    B7          C#m
Ou sabe a história da galinha pedrês
       D                              E
E me traduza aquele roque para o português
                    A     B7      E
A ignorância é indigesta pro freguês
                     A     B7    E
A ignorância é indigesta pro freguês
             B7
Anavantu, anavantu, anarriê
                                    E
Nê pa dê qua, nê pa dê qua, padê burrê
                  E/D       A/C#   A
Igualitê, fraternitê e libertê
        E           B7
Merci bocu, merci bocu
          E
Não há de que
 E          A          B7      E
Você queria mesmo, é ser, um sanhaçu
A            B7          C#m
Fazendo fiu e voando pelo azul
           D                              E
Mas nesse jogo lhe encaixaram, e é uma loucura
                           A     B7    E
Lá vem o padeiro, pão na boca é o que te cura
                               A     B7    E
Lá vem o padeiro, pão na boca é o que te cura
             B7
Anavantu, anavantu, anarriê
                                    E
Nê pa dê qua, nê pa dê qua, padê burrê
                  E/D       A/C#   A
Igualitê, fraternitê e libertê
        E           B7
Merci bocu, merci bocu
          E
Não há de que