Não Chores Mais

Xodó

Refazenda

Se eu quiser falar com Deus

 

 

Não Chores Mais

 

Gilberto Gil (versão)

Intr.: G7  C  G/B  Am  F  C  G  C  G7

C  G/B         Am   F

No woman, no cry

5C    G          C    G7

No woman, no cry                      BIS

C                 G/B    Am              F  C             G          C    G7

Bem que eu me lembro a gente sentado ali  na grama do aterro sob o sol

 Observando hipócritas disfarçados, rondando ao redor

 Amigos presos, amigos sumindo assim, prá nunca mais

 Nas recordações, retratos do mal em si, melhor é deixar prá trás

 Não, não chore mais

 Não, não chore mais

 Bem que eu me lembro a gente sentado ali na grama do aterro sob o céu

 Observando estrelas junto à fogueirinha de papel

 Quentar o frio, requentar o pão e comer com você

 Os pés, de manhã, pisar o chão, eu sei a garra de viver

 C         F       C

Mas, se Deus quiser

C                G/B        Am               F

Tudo, tudo, tudo vai dar pé, tudo, tudo, tudo vai dar pé

 Tudo, tudo, tudo vai dar pé, tudo, tudo, tudo vai dar pé

 Tudo, tudo, tudo vai dar pé, tudo, tudo, tudo vai dar pé

 Não, não chore mais

Não, não chore mais

 

 

Xodó

Gilberto Gil

 

Intr.: ( D  G  D  A7 )

D            Bm     F#m

Que falta eu sinto de um bem

G           A7     D    A7

Que falta me faz um xodó

D           Bm        F#m

Mas como eu não tenho ninguém

G            A7       D

Eu levo a vida assim tão só

Am7           D7

Eu só quero um amor

Am7             E

Que acabe o meu sofrer

Bm     Em          Bm     Em

Um xodó prá mim do meu jeito assim

G  F#m    Em   A7  D

Que alegre o   meu  viver

 

 

Refazenda

 

Gilberto Gil

Intr.: Dm  G

D      Em            D

Abacateiro acataremos teu ato

Em              D            Em         D

Nós também somos do mato, como o pato e o leão

D            Em           D

Aguardaremos, brincaremos no regato

Em               D            Em           D

Até que nos tragam frutos, teu amor, teu coração

Abacateiro teu recolhimento

É justamente o significado da palavra temporão

Enquanto o tempo não trouxer teu abacate

Amanhã será tomate, e à noite será mamão

Dm          G         Dm        G

Abacateiro sabes ao que estou me referindo

Dm        G     Dm                 G

Porque todo tamarindo tem o seu agosto azedo

Dm            G         Dm           G       D

Cedo antes que o janeiro doce manga venha ser também

Abacateiro serás meu parceiro solitário

Nesse itinerário da leveza pelo ar

Abacateiro saiba que na refazenda

Tu me ensina a fazer renda que eu te ensino a namorar

 

Se Eu Quiser Falar com Deus

Gilberto Gil

Intr.: ( F#m7  F7M  D/E )

A7M     G#m4/7  C#7/9-   F#m7  A7  D7M       Dm6       A7M

Se eu quiser falar com Deus  tenho que ficar a sós

G#m4/7  C#7/9- F#m7  A7  D7M       Dm6       A7M    Bm5/7-  Ab°

Tenho que apagar a luz,  tenho que calar a voz

A7M     G#m4/7   C#7/9- F#m7+  F#m7  Em7  Eb5-/7  D7M      Dm6         Em6

Tenho que encontrar a paz,  tenho que folgar os nós

D7M         C#7/9-       F#m7         G7M

Dos sapatos, da gravata, dos desejos, dos receios

G#m5-/7 C#7/9-  F#m7         D#°         A7M

Tenho que esquecer a data, tenho que perder a conta

             F#m7       F7M      D/E    A7M

Tenho que ter mãos vazias, ter a alma e o corpo nus

A7M     G#m4/7  C#7/9-   F#m7  A7  D7M       Dm6         A7M

Se eu quiser falar com Deus  tenho que aceitar a dor

G#m4/7  C#7/9-  F#m7  A7  D7M  Dm6        A7M    Bm5/7-  Ab°

Tenho que comer o pão   que o diabo amassou

A7M   G#m4/7  C#7/9-  F#m7+  F#m7  Em7  Eb5-/7  D7M       Dm6         Em6

Tenho que virar um cão,    tenho que lamber o chão

D7M            C#7/9-      F#m7          G7M

Dos palácios, dos castelos suntuosos do meu sonho

G#m5-/7  C#7/9-  F#m7   D#°      A7M

Tenho que me ver tristonho, tenho que me achar medonho

             F#m7        F7M     D/E   A7M

E apesar de um mal tamanho alegrar meu coração

A7M     G#m4/7  C#7/9-   F#m7  A7  D7M       Dm6          A7M

Se eu quiser falar com Deus  tenho que me aventurar

G#m4/7  C#7/9-  F#m7  A7  D7M      Dm6           A7M    Bm5/7-  Ab°

Tenho que subir aos céus  sem cordas prá segurar

A7M   G#m4/7  C#7/9-  F#m7+  F#m7  Em7  Eb5-/7  D7M      Dm6          Em6

Tenho que dizer adeus,  dar as costas, caminhar

D7M        C#7/9-   F#m7           G7M

Decidido pela estrada que ao findar vai dar em nada

G#m5-/7  C#7/9-  F#m7       D#°          A7M

Nada, nada, nada, nada, nada, nada, nada, nada,

         F#m7         F7M    D/E       A7M

Nada, nada, nada, nada do que eu pensava encontrar