SAMBAS:

Essas são algumas  músicas que cantamos e ouvimos ao som do violão de

Gilmar Sacramento.

 Em meio as boas  funções do churrasco e da cerveja

 partilhamos a vontade de viver e ser feliz.

 

 

Jorge Aragão, Martinho da Vila, Mestre Marçal

Neguinho da beija-flor , Noite Ilustrada, Originais do Samba

Paulinho da Viola, Zeca Pagodinho, João Nogueira e tantos outros

 

 

 

Pagode do Gago

1800 colinas

Nó na madeira

Coisa da Pele

Aquarela Brasileira

Mulheres

Ex-amor

Facho da esperança

Ângela

Coração Leviano

Quando eu me chamar saudade

Minha Rainha

Lembranças

Esperanças Perdidas

O assassinato do camarão

Reunião de bacanas

Do lado direito da rua direita

Andanças

Foi um rio que passou na minha vida

Argumento

Guardei minha viola

Eu canto samba

Pecado capital

Posso até me apaixonar

Com que roupa

Jura

Maneco Teleco teco

 

 

 

Pagode do Gago
Grupo: Gracia do Salgueiro
Tom: A
A         E7               A
Fui num pagode na casa do gago
    F#7              Bm7
E o rango demorou a sair
                            E7
Acenava pra ele e mais qui qui qui
                                 A
Qui qui qui qui qui qui  guenta aí
    E7            A
O pagode foi crescendo
     F#7         Bm7
Sob a luz do lampião
                        E7
Deu moleza caiu o pandeiro
                   A
A moçada batia na mão
         E7          A
A atração da brincadeira
      F#7               Bm7
Era a nega do gago sambando
                        E7
Mas a fome também era negra
                         A
Ninguém mais tava aguentando
   E7         A
E o cara da viola
      F#7                Bm7
Deu bobeira e caiu pelo chão
                            E7
O gago pulava  sorria e gritava
                                    A
Qui qui qui qui qui toma mais um limão
     F#7            Bm7              E7             A7   
Toma mais um limão qui qui qui qui qui qui você fica bão
    F#7              Bm7            E7                A   
Toma mais um limão qui qui qui qui qui qui você fica bão
 
 
  
  
  
  

  
  
  
  
  
 
1800 Colinas
Grupo: Gracia do Salgueiro
Tom: E
  E
Subi
        C#7                F#m
Mais de mil e oitocentas colinas
    B7   F#m
Não vi
                B7                  E     B7   E
Nem a sombra de quem eu desejo encontrar
                C#7                 F#m   B7
Oh, Deus, eu preciso encontrar meu amor
                                  E
Pra matar a saudade que quer me matar
F#m           B7
Eu que queria dar
   E
Sossego ao meu coração
A                   G#7   C#7
Mas fui infeliz no amor
F#m           B7
Fui gostar de quem
    E           C#7
Não gosta de ninguém
  F#m        B7    E
E hoje só me resta dor
              B7
Por isso eu subi
 
 

 

Nó na Madeira
Grupo: João Nogueira
Tom: C
Introdução: C7+   A7/9-

           Dm7/9
Eu sou é madeira
            G7/13             C7+
Em samba de roda já dei muito nó
           Em7       Ebº    Dm7
Em roda de samba sou considerado
           G7/13              C7+       A7/9-
De chinelo novo brinquei carnaval, carnaval
        Dm7/9
Sou é madeira
               G7/13               C7+
Meu peito é do povo, do samba e da gente
            A7/9-           Dm7/9
E dou meu recado de coração quente
               G7/13                  C7+    A7/9-
Não ligo à tristeza, não furo, eu sou gente
        Dm7/9
Sou é madeira
              G7/13                 C7+
Trabalho é besteira, o negócio é sambar
              Em7     Ebº       Dm7
Que samba é ciência e com consciência
           G7/13                  Gm7   C7/9
Só ter paciência que eu chego até lá
            F7+
Sou nó na madeira
           Bb7/9               C7+
Lenha na fogueira que já vai pegar
              A7/9-              D7/9
Se é fogo que fica ninguém mais apaga
            G7/13                 C7+      Gm7
É a paga da praga que eu vou te rogar (devagar)
    C7/9        F7+
Sou nó na madeira
           Bb7/9               C7+
Lenha na fogueira que já vai pegar
              A7/9-              D7/9
Se é fogo que fica ninguém mais apaga
            G7/13                 C7+
É a paga da praga que eu vou te rogar
 
 
 
  
  
  
  
  

  
  
  
  
  
  
  
  
 
Coisa de Pele 
Grupo: Jorge Aragão
Tom: G
Introdução:  G% Gm% G Gm / D7
G7+            G6
Podemos sorrir
                  Em7/9   B7
Nada mais nos impe.........di 
         Em 
Não dá pra fugir 
               Dm7  G7
Dessa coisa de pe.....le
  C9         F7/9
Sentida por nós
 Bm              E7
Desatando os nós 
   A7
Sabemos agora 
    D#7                    D7
Nem tudo que é bom vem de fora
 G7+              G6                  Em7/9    B7
E a nossa canção........ pelas ruas e ba......res 
           Em 
Nos traz a razão 
               Dm   G7/9 
Relembrando Palmares
   C9         F7/9
Foi bom insistir
    Bm      E7
Compôr e ouvir
   A7               D#7                 D7
Existe quem pode na força dos nossos pagodes 
  Gm        Gm7
E o samba se faz
              D7
Prisioneiro pacato dos nossos tantans
   Dm       G7
O banjo liberta 
                 Cm 
Da cabeça do povo as suas emoções
  F7/4             F7
Alimentando muito mais
    A7
A cabeça de um compositor
   Em 
Eterno reduto de paz 
  Am                D7           G7+  G6
Nascente das várias feições do amor
Refrão 
       D        Dm      Em
Art popular do nosso chão                                
    Am                   D7
É o povo quem conduz o show
              G7+
E assina a direção
 
Aquarela Brasileira
Grupo: Martinho da Vila
Tom: Gm
Introdução: Gm Cm D7 Gm


Gm             Cm         Gm             D7        Gm
Vejam essa maravilha de cenário, é um episódio relicário
         Cm        Eb        D7      Gm        Am   D7   Gm
Que um artista num sonho genial, escolheu para este carnaval
      F7              Bb          Am7/5- D7   Am7/5-       D7           Gm    D7
E o asfalto como passarela será a tela        do Brasil em forma de aquarela
     Gm              Cm         Gm         D7             Gm
Passeando pelas cercanias do Amazonas conheci vastos seringais
     F7                Bb              A7         D
No Pará, a Ilha de Marajó, e a velha cabana do Timbó
    G7                    C        Am      A7           D
Caminhando ainda um pouco mais deparei com lindos coqueirais
  Cm         D    Cm            Gm       Am   D7   Gm
Estava no Ceará,  terra de Irapuã, de Iracema e  Tupã
Am7/5-     D7         Gm             G7        Cm
Fiquei radiante de alegria quando cheguei na Bahia
  F7                   Bb              A7                 D7
Bahia de Castro Alves, do acarajé, das noites de magia do candomblé
  Cm             D7           Gm                      A7
Depois de atravessar as matas do Ipu assisti em Pernambuco
           D7           Gm       D7
A festa do frevo e do Maracatu
   G           Am  D7      G                   Bm       Bbº  Am     E7
Brasília tem o seu      destaque na arte, na beleza e arquitetura
   Am        E7       Am         D7          D5+/7        G
Feitiço de garoa pela serra, São Paulo engrandece a nossa terra
   G7                                   Dm6           G7   C
Do leste por todo o centro-oeste tudo é belo e tem lindo matiz
    Am                  D7                                             G    D7
E o Rio de sambas e batucadas, dos malandros e mulatas dos requebros febris
   G          D7            G           D7         G        E7         Am
Brasil, estas nossas verdes matas, cachoeiras e cascatas de colorido sutil
  C          C#º          Bm   E7     Eb        D7             Gm   D7
E este lindo céu azul de anil     emolduram aquarela, o meu Brasil
Gm        Cm
Lá lá lalaiá
Gm D7     Gm
Lá lá lalaiá
 
 
Mulheres
Grupo: Martinho da Vila
Tom: Bm
Introdução: G F#m Em F# Bm Bm7 
Em                           A
Já tive mulheres de todas as cores
           D7+              Bm7 
De várias idades de muitos amores
          Em               F# 
Com umas até certo tempo fiquei
            Bm                Bm7
Pra outras apenas um pouco me dei
          Em                 A
Já tive mulheres do tipo atrevida
           D7+              Bm7
Do tipo acanhada do tipo vivida
         Em                F#
Casada carente, solteira feliz
           Bm              Bm7
Já tive donzela e até meretriz
           F#               F#7
Mulheres cabeças e desequilibradas
            Bm                   Bm7
Mulheres confusas de guerra e de paz
            G                  F#                      Bm   Bm7
Mas nenhuma delas me fez tão feliz como você me faz
     G                 F#               Bm 
Procurei em todas as mulheres a felicidade
                Bm7                 Em
Mas eu não encontrei e fiquei na saudade
              F#                   Bm   Bm7
Foi começando bem mas tudo teve um fim
     G                F#               Bm
Você é o sol da minha vida a minha vontade
              Bm7             Em
Você não é mentira você é verdade
                F#                Bm  Bm7
É tudo que um dia eu sonhei pra mim
 
 
 
Ex- amor
Grupo: Martinho da Vila
Tom: Em
Introdução: Em

 

Em E7 Am
Ex - amor
      F#m7/5- B7  Em
Gostaria tu  sou..besses
                E7  Am
O quanto que eu so..fri
                   D7     Em
Ao ter que me afastar de ti
         B7
Não chorei 
Em  E7 Am
Não chorei
             F#m7/5- B7  Em
Como louco eu até   so..rri
                E7  Am
Mas no fundo só eu sei
               B7    Em  F#7
Das angústias que senti
Bm   B7 Em
Ex - a-mor
        C#m7/5- F#7  Bm
Gostaria tu     sou..besses
                B7   Em
O quanto que eu so..fri
                  F#7     Bm  F#7
Ao ter que me afastar de ti
Bm  B7  Em
Não chorei
              C#m7/5- F#7  Bm
Como louca eu até     so...rri
                B7  Em
Mas no fundo só eu sei
              F#7    Bm
Das angústias que senti
          E                        C#m7/5-  F#7
sempre sonhamos com o mais eterno amor
       Bm         F#7            Bm
Infelizmente eu lamento mas nao deu
          C#m7/5-                        F#7
Nos desgastamos transformando tudo em dor
            Bm         F#7         Bm  B7
Mas mesmo assim eu acredito que valeu
            Em                     C#m7/5-
Quando a saudade bate forte é envolvente
         F#7                  Bm
Eu me possuo e é na sua intençao
             Em        A7           D7+     G7+
Com a minha culpa naqueles momentos quentes
            C#m7/5-       F#7     Bm
Em que se acelerava o meu cora...ção 
    F#7
Ex amor...
Estribilho
Repete Parte 2
Estribilho
 
 
 
 
Facho de Esperança
Grupo: Mestre Marçal
Tom: G
Introdução: G D7
  G%           %                Bm%                     
sorri pra mim... porque preciso enganar a dor
%                 Dm%     
surpreender o mal interior
G7%             C% 
qualquer motivo pra me libertar
Cm%      F7/9%            Bm%   
enxergar o facho verde da esperança
E7%            A7%
a luz que ha de iluminar 
   Am%           D7%             G (D7 REPETE O REFRÃO)
por onde eu tenho vontade de passar
E7                             Am         D7                
ai quem me dera poder ter você esquecer o passado cruel
Cm      F7/9       Dm      G7           C%        
ficaria tão feliz seria cair de boca no mel
                   CM            F7/9
percorrer todas as curvas do seu belo corpo 
             Bm   
e bater bem de frente 
E7               Am          
garAnto que tudo mudava para mim
D7                G            D7
e minha vida ia ser difernte
( refrão)
E7               AM         D7               CM
se eu pudesse a regra mudar lavar a sujeira do mal
F7/9             Dm
flutuar em águas limpas
     G7           C%             
seria para mim O caminho ideal
            Cm             F7/9                            
hipinotizar teus olhos matar de uma vez
        Bm
 ansioso desejo
  E7                Am           
sentir apertado um abraço e brindar 
D7               G           D7   
a doçura de um gostoso beijo

 

 
 
 
Ângela

Grupo: Neguinho da Beija-Flor
Tom: C
Introdução: C G7 C A7 
         
  Dm                          G7
Eu prefiro acreditar que é mentira
 C             A7
É brilho demais para um só olhar
    Dm                       G7
É inspiração demais é muita lira
C                                        A7
Mas meus velhos olhos não queriam me enganar
      Dm                      G7
Ela é negra negritude que fascina
   C                    A7
Senhora menina menina senhora me descontrolou
     Dm                           G7
Ao expor seu lindo visual nesta retina
    C                             C7
Sua voz que ao próprio canto encantou
F             Fm          Em
Hoje eu vi um lindo negro anjo
     Am          Dm
Anjo negro lindo anjo
   G7       C   C7
Negra Angela
F           Fm          Em
É que vi um lindo negro anjo
 Am              Dm
Anjo negro lindo anjo
  G7        C   A7
Negra Angela
Dm                  G7
Aquele corpo inteiro
             C
Me deixou cabreiro 
                      A7
E esse instinto masculino vive a me cobrar
Dm                   G7 
Ah, se eu fosse o primeiro
                C                       C7
Segundos nem terceiros ocupariam meu lugar
 
 
 
Coração leviano

Grupo: Neguinho da Beija flor
Tom: E
Introdução: A / A/G / Ab/Gb / C#7/F / F#/E / B7/D# / E C#7 / F#m B7 /
   E         E7+        E6      B7/13
Trama em segredo teus planos                                }
  E        C#7/9-    F#m    C#7/9-
Parte sem dizer.......adeus                                 }
    F#m         F#m7+         F#m7    F#m6
Nem lembra dos meus.....desenganos                          }
  F#7          B7/11    B7
Fere......quem tudo perdeu                                  }
 A           A#°     E
Ah !......coração leviano                                   }           bis
  C#7/9-        F#7/13  F#5+7    F#m7  %     E   Bm  E7
Não sabe o que fez............do.............meu            }
 A         A#°    E
Ah !.....coração leviano                                    }
    C#7/9-      F#7/13  F#5+7    F#m7  %        E
Não sabe o que fez..............do.............meu          }
           B7/13
(Mas trama ! )                                          }
B7                  E            C#7        F#m
.....Este pobre navegante.....meu coração amante
A        A7             G#7
.....Enfrentou a tempestade
   C#m        B7         E
No mar da paixão e a loucura
  C#7              F#7
Fruto da minha aventura
   F#5+7          F#m    Bm  E7
Em busca da felicidade
 A         A#°           E      E7
Ah !.....coração, teu engano
A           A7          G#7    C#7
.....Foi esperar por um bem
   F#m      Am    E
De um coração leviano
    C#7       F#7     B7       E
Que nunca será........de ninguém
    C#7       F#7     B7      E  
Que nunca será........de ninguém
         B7
(Ora, trama ! )..
 
 
 
Quando eu me chamar Saudade
Grupo: Nelson Cavaquinho

Tom: Am
Introdução: Gm     A7     Dm     Dm7/C     E7/B     A7     Eb7     D7
                     Gm     A7     Dm     Dm7/C     E7/B     A7     Dm     A7

Dm            A7               Dm
   Sei que amanhã quando eu morrer
         A7          Dm       D7
Os meus amigos vão dizer
             Gm
Que eu tinha bom coração
        A7           Dm
Alguns até hão de chorar
         Dm7/C      E7/B
E querer me homenagear
Bb7              A7
Fazendo de ouro, um violão
D7
   Mas depois que o tempo passar
Sei que ninguém vai se lembrar
             Gm
Que eu fui embora
                          Dm
Por isso é que eu penso assim
             Dm7/C         E7/B
Se alguém quiser fazer por mim
    A7    Dm
Que faça agora
   C7
Me dê as flores em vida
    F7
O carinho, a mão amiga
Bb7      A7          Dm       D7
   Para aliviar meus ais
  Gm          A7           Dm
Depois que eu me chamar saudade
       Dm7/C      E7/B
Não preciso de vaidade
      A7       Dm
Quero preces e nada mais
 
 
 
 
 
Minha Rainha
Grupo: Noite Ilustrada
Tom:  Em
 
   Em          E7             Am  
Um dia você vai pensar direito  
     Am/G           Am6  
E vai procurar um jeito  
 B7          Em   Gb7  B7  
Para  me pedir per dão   
 Em           E7             Am  
É bem melhor, você, pensar agora  
 Am6                B7  
Antes de chegar a hora  
 Em         Dm6  E7  
De uma separação   
            Bb             Em  
Eu já derramei um rio de lágrimas  
 C7+                         Am6  
Muitas vezes chorei minhas mágoas  
   B7           Dm6     E7  
Só porque eu, te amo de mais  
       Am              D7  
Olha  amor  dediquei a voce  
       G          C7+  
Minha vida inteirinha  
 
Do meu sonho de amor  
      F       B7  
Fiz você a rainha  
             Dm6                      E7  
E você vem falando em separação, meu amor  
       Am                    D7  
Olha  amor  antes que seja tarde  
   G            C7+  
O arrependimento  
Eu não quero ouvir mil desculpas  
   F     B7  
Lamento  
 Porque tudo que eu fiz  
                 Em  
Foi pra ti ver feliz 
 
 
 
 
 
Lembranças
Grupo: Noite Ilustrada
Tom:  Am
 
             Am  
Lembro um olhar  
Lembro um lugar  
            Dm  
Teu vulto amado  
              E7  
Lembro um sorriso  
E o paraíso  
                Am  
Que tive ao teu lado  
           Dm  
Lembro a saudade  
          Dm6  
Que hoje invade  
         Am  
Os dias meus  
            F  
Para o meu mal  
          E7  
Lembro afinal  
          Am     A7  
Um triste adeus  
        Dm  
Sou agora  
No mar dessa vida  
Um barco a vagar  
                 E7  
Onde está teu olhar  
Onde está teu sorriso  
           Am  A7  
E aquele lugar  
      Dm  
Eu devia  
             Dm6  
Sorrir eu devia  
                     Am  
Para o meu padecer ocultar  
        Dm6  
Mas diante  
               E7  
De tantas lembranças  
              A7  
Me ponho a chorar  
   Am  F7  Am  
Chorar    
 
 
 
Esperanças Perdidas
Grupo: Os Originais do Samba
Tom: Dm
Introdução: Dm D7 Gm6 C7/5+ F7+ A7  
Dm                 D7                  Gm6     C7/5+
Quantas belezas deixadas nos cantos da vida
Gm6                    C7/5+              F7+    A7
Que ninguém quer e nem mesmo procura encontrar
Dm                    D7                   Gm6    C7/5+
E quando os sonhos se tornam esperanças perdidas
Gm6                  A7                   Dm       A7
Que alguém deixou morrer sem nem mesmo tentar
Dm             D7                   Gm6   C7/5+
Minha beleza encontro num samba que faço
Gm6               C7+/5              F7+   A7
Minha tristeza se torna um alegre cantar
Dm               D7                   Gm6  C7/5+
É que carrego um samba bem dentro do peito
Gm6               A7                Dm
Sem a cadência do samba não posso ficar
            A7
Não posso ficar
            Dm               D7
Eu juro que não, não posso ficar
           Gm6
Eu tenho razão
         C7/5+             E7
Já fui batizado na roda de bamba
            A7                Dm      A7
O samba é a corda, eu sou a caçamba
Dm                    D7             Gm6   C7/5+
Quantas noites de tristeza ele me consola
Gm6             C7/5+           F7+   A7
Tenho como testemunha a minha viola
Dm                D7                  Gm6  C7/5+
Ai se me faltar o samba não sei que será
Gm6               A7                Dm             
Sem a cadência do samba não posso ficar     
 
 
 
 
 
O Assassinato do Camarão
Grupo: Os Originais do Samba
Tom: G
 
G     D7            G
Assassinaram o camarão
G                   E7              Am
Assim começou a tragédia no fundo do mar
        Am                      D7
O carangueijo levou preso o tubarão
  Am                    D7  
O siri sequestrou a sardinha
   G
Tentando fazer confessar
G7
O guaiamu que não se apavora
G7                       C
Disse: eu que vou investigar
Cm        D7                   G
Vou dar um pau nas piranhas la fora
E7        Am        D7              Dm    G7            
Voces vão ver, elas vão ter que entregar
C         D7                    G    
Vou dar um pau nas piranhas lá fora
          C         D7               G     
Voces vão ver, elas vão ter que entregar
Am                D7                G             E7
Logo ao saber da notícia a tainha tratou de se mandar
              Am  D7                 G       
Até o peixe espada também foi se entocar
G7                   E7
Malandro foi o peixe galo
Am            Cm
Bateu asas e voou
                 G         D7         G
Até hoje eu não sei como a briga terminou
G7                    E7
Malandro foi o peixe galo
Am            Cm
Bateu asas e voou
                G          E7          G
Até hoje eu não sei como a briga terminou

 
 
 
Reunião de Bacana
Grupo: Os Originais do Samba
Tom: G

Todo mundo cantando esse refrão
G                 C
Se gritar pega ladrão
D7        G
Não fica um meu irmão        BIS
    E7             C
Se gritar pega ladrão
D7        G
Não fica um 
G          E7               C
Você me chamou para esse pagode
          D7               G
Nem me avisou aqui não tem pobre
          E7                  C
Até me pediu pra pisar de mansinho
              D7             G
Porque sou da cor eu sou escurinho
         E7                C
Aqui realmente está toda a nata
            D7          C    
Doutores senhores até magnata
          E7              C
Com a bebedeira e a discussão
D7                   G
Tirei a minha conclusão
REFRÃO
G          E7               C
Lugar meu amigo é minha baixada
           D7                      G
E ando tranquilo e ninguém me diz nada
          E7                   C
E lá camburão não vai com a justiça
              D7                G
Pois não há ladrão e é boa a polícia
         E7               C
Lá até parece a Suécia bacana
            D7                  G 
Se leva o bagulho e se deixa a grana
            E7             C
Não é como esse ambiente pesado
             D7               G
Que voce me trouxe para ser roubado

 

 
Do lado direito da rua direita
Grupo: Os originais do samba
Tom: A
Introdução: A7+ / A6 / (2x) / Bm7 / E9 / (2x) /

 A7+ A6      A7+  A6         Bm7  E9  Bm7  E9
Do.....lado direito, da rua Direita
  Bm7  E9     Bm7      E9   A7+  A6  A7+  A6
Olhando as vitrines coloridas eu  a  vi
    A7+      A6         A7+    A6          Bm7   E9    Bm7   E9
Mas quando quis me aproximar de ti não tive tempo
    Bm7  E9    Bm7        E9       A7+   A6  A7+  A6
No movimento imenso da rua eu lhe perdi
Bm7           E9             C#m7             F#7
......E cada menina que passava......para seu rosto eu olhava
  Bm7     E9     Bm7       E9      A7+       Bm7         E9               A7+
E me enganava pensando que fosse você....e na rua Direita eu voltarei pra lhe 
ver

 

Andanças 

Grupo: Os originais do samba
Tom: B
Introdução: B7+ / % / G7+ / % / C7+ / % / C#m5-/7 / F#7/13 /
B7+                     G7+                        C7+
.....Vim tanta areia andei........da lua cheia eu sei
             C#m5-/7     F#7/13 
Uma saudade imen..........sa
B7+                         G7+                  C7+
.....Vagando em versos eu vim.......vestido de cetim
              C#m5-/7    F#7/13            B4
Na mão direita ro..........sas.........vou levar
  B                  
.....Olha a lua mansa se derramar..........(me leva amor !)
                           C#7
Ao luar descansa meu caminhar.......(amor !)
                            F#7
Seu olhar em festa se fez feliz.......(me leva amor !)
                F#7                                                        B
Lembrando as serestas que um dia eu fiz.......(por onde for quero ser seu par !)
            
** Já me fiz a guerra por não saber.......(me leva amor !)
                                   C#7
Que essa terra encerra meu bem querer.......(amor !)
                          F#7
E jamais termina meu caminhar.......( me leva amor !)
                           F#7                                       B                        
Só amor me ensina onde vou chegar.......(por onde for quero ser teu par !)
                G7+                        C7+
Rodei de roda andei.......dança da moda eu sei
             C#m5-/7    F#7/13
Cansei de ser sozi.......nho
B7+            G7+                              C7+
.....Verso encantado usei.......meu namorado é rei
               C#m5-/7    F#7                 B4
Nas lendas do cami.........nho.........onde andei
 B                               
.....No passo da estrada só faço andar.......(me leva amor !)
                                C#7
Tenho a minha amada a me acompanhar.......(amor !)
                                 F#7
Vim de longe léguas, cantando eu vim........(me leva amor !)
                                  F#7                                   B              
Vou não faço tréguas, sou mesmo assim.......(por onde for quero ser teu par !)..
 
 
 
 
 Foi um rio que passou em minha Vida
Grupo: Paulinho da Viola
Tom: A
A
Se um dia
 F#7                  Bm7
Meu coração for consultado
                     E7
Para saber se andou errado
Bm7    E7   A    E7
Será difícil negar
A       E7                 A
Meu coração tem manias de amor
         F#7       Bm7
Amor não é fácil de achar
D                   G7
A marca dos meus desenganos
A       F#7
Ficou, ficou
Bm7       E7      A7
Só um amor pode apagar
D                    G
A marca dos meus desenganos
A       F#7
Ficou, ficou
Bm7    E7      A      E7
Só um amor pode apagar
A      E7    A
Porém, ai   porém
    E7         A
Há um caso diferente
   C#7             F#7 
Que marcou um breve tempo
      Bm7
Meu coração para sempre
E7           A
Era dia de carnaval
Carrega um tristeza
Não pensava em novo amor
        C#m7
Quando alguém que não me 
F#7          Bm7
Lembro anunciou
Portela, Portela
O samba trazendo alvorada
    E7             A       E7
Meu coração conquistou
A     F#7   Bm
Ai, minha Portela
E7              A     E7
Quando vi você passar
A         F#7      Bm7
Senti meu coração apressado
                 E7
Todo meu corpo tomado
     A           E7
A alegria de voltar
        A
Não posso definir aquele azul
         F#7
Não era do céu
          Bm7
Nem era do mar
D        D#o     A
Foi um rio     que passou em 
       F#7
Minha vida
Bm7    E7            A7    
 E meu coração se deixou levar
D        D#o       A
Foi um rio     que passou em 
      F#7
Minha vida
Bm7       E7              A7    
 E meu coração se deixou levar
 
 
 
 
Argumento
Grupo: Paulinho da Viola
Tom: C
Introdução:   C C7 F F#o Em A7 Dm G7 C

 

     G7                                         
Tá legal
     C        G7          C     
Tá legal, eu aceito o argumento
    Em7             A7           Dm
Mas não me altere o samba tanto assim
                G7           Em         A7
Olha que a rapaziada está sentindo a falta
       Dm              G7                  C     
De um cavaco, de um pandeiro ou de um tamborim 
A7            Dm         G7       C     
    Sem preconceito ou mania de passado
                     Gm          C7         F   
Sem querer ficar do lado de quem não quer navegar
              F#o      Em                       
Faça como um velho marinheiro
      A7          Dm                    
Que durante o nevoeiro 
       G7       C       (C7 F) 
Leva o barco devagar
 
 
 
 
Guardei minha Viola
Grupo: Paulinho da Viola
Tom: F
F                   D7         Gm  C
Minha viola vai pro fundo do baú
        C7          F
Não haverá mais ilusão
           D7          Gm
Quero esquecer ela não deixa
   C             C7          F        
Alguém que só me fez ingratidão
         C7
(Minha viola)
D7            Gm  C7             F   D7
      No carnaval      quero afastar
   Gm             C7            F      C7
As mágoas que meu samba não desfaz
F         A7          Dm    D7
Pra facilitar o meu desejo
    Gm         C7            F
Guardei meu violão, não toco mais
         C7
(Minha viola)
 
 
 
 
Eu Canto Samba
Grupo: Paulinho da Viola 
Tom: D

         D 
Eu canto samba 
                             Em 
Porque só assim eu me sinto contente 
          A7 
Em vou ao samba
                                 D       A7 
Porque longe dele eu não posso viver 
            D 
Com ele eu tenho de fato 
   B7           Em 
Uma velha intimidade 
         A7 
Se fico sozinho 
               D       A7 
Ele vem me socorrer 
          D 
   |   Há muito tempo eu escuto esse papo furado 
B |      Em 
I  |   Dizendo que o samba acabou 
S  |       A7                       D 
   |    Só se foi quando o dia clareou 
        Em           A7 
O samba é alegria 
            D 
Falando de coisas da gente 
         D7 
Se você anda tristonho 
         G 
No samba fica contente 
           Gm7 
Segura o choro criança 
                  D 
Vou te fazer um carinho 
          A7 
levando um samba de leve 
                       D       A7 
Nas cordas do meu cavaquinho... 
 
 
 
 
Pecado Capital
Grupo: Paulinho da Viola 
Tom: Dm
Dm                        E7   A7
   Dinheiro na mão é vendaval
       Dm
É vendaval
                   Am  D7
Na vida de um sonhador
           Gm
De um sonhador
       C7            F     Dm
Quanta gente aí se engana
         Em7                A7        Dm    D7
E cai da cama com toda a ilusão que sonhou
        Gm         Dm                     Bb7   A7
E a grandeza se desfaz quando a solidão é mais
            Dm   A7
Alguém já falou
D        A7     D6
Mas é preciso viver
               F#m7  Fº     Em7   F#7
E  viver não é brincadeira, não
                      Bm                   F#m7
Quando o jeito é se virar cada um trata de si
  C#7              F#m7
Irmão desconhece irmão
   Em7
E aí
            A7         D
Dinheiro na mão é vendaval
            B7        E7  A7       D   Em7  
Dinheiro na mão é solução    é solidão
            A7         D
Dinheiro na mão é vendaval
            B7        E7  A7       D  Em7  D6
Dinheiro na mão é solução    é solidão
 
 
 
 
 
Posso até me Apaixonar
Grupo: Zeca Pagodinho
Tom: F
Introdução: C7 F C7 F C7 F C7 F C7 
               F                 D7
Gosto que me enrosco num rabo de saia
      Gm7             Gm
Quero carinho quero cafuné
           C7 
Esse teu decote me tira o sossego
                 F              C7
Vem me dar um chamego se você quiser
          F               D7
O seu remelexo é um caso sério
            Gm7                      Gm
Esconde um mistério que eu vou desvendar
              C7                                    F
Mas você pitelzinho faz logo um charminho pra me maltratar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
F7          Bb
Fingindo inocente
        C7
Toda saliente
                    F
Vem me olhando diferente
             F7
Chego a estremecer
               Bb
Meu Deus que avião
                   C7
Chamando minha atenção
                F
Balança meu coração
                  F7
E quer me enlouquecer
                  Bb
Machuca esse seu nego
                     C7
Eu não vou pedir arrego
              F
Não vou fraquejar 
                    D7
Você fazendo jogo duro 
                  Gm7
Só penso no teu sussuro 
                       C7
Dentro de um quarto escuro
             F
Querendo me amar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
               F                 D7
Gosto que me enrosco num rabo de saia
      Gm7             Gm
Quero carinho quero cafuné
           C7 
Esse teu decote me tira o sossego
                 F              C7
Vem me dar um chamego se você quiser
          F               D7
O seu remelexo é um caso sério
            Gm7                      Gm
Esconde um mistério que eu vou desvendar
              C7                                    F
Mas você pitelzinho faz logo um charminho pra me maltratar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
F7                Bb
Pedaço de mau caminho
             C7
Esse seu umbiguinho
                F
Me deixa em desalinho
              F7
Juro que não ligo
          Bb
Já é do metiê
                   C7
Por uma saia de crochê
               F
Ou um belo bustiê
                  F7
Só pra acabar comigo
                  Bb
Senhor como é que pode
               C7
Essa mina no pagode
             F
Chega pra abalar
                  D7
Corpo queimado de praia
                 Gm7
Blusa tomará que caia
                    C7
Noite inteira na gandaia
               F
Ela só quer sambar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
F             Gm
 No morro no asfalto
  C7           F
Pagode partido alto
                  Gm
Chega aí toma de assalto
   C7       F
Querendo sambar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
F                  Gm
 Me jura que não demora
     C7          F
Até quando Hildo Hora
                   Gm
Ver o colorir da aurora
      C7     F
Chega pra cantar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
                  Gm
É que este seu shortinho
   C7            F
Deixou louco o Pagodinho
                Gm
Demorou um bocadinho
       C7     F
Chegou pra abalar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
            Gm
Esguleba Ubirany
     C7     F
E o Bira Presidente
                Gm
Num partido diferente
      C7     F
Até o sol raiar
         Gm                C7           F
Não faz assim que eu posso até me apaixonar
      Gm                C7          F
Faz assim que eu posso até me apaixonar
 
 
 
Com que Roupa
Grupo: Zeca Pagodinho
Tom: F
Introdução: C7
F
Agora vou mudar minha conduta,
Eu vou pra luta,
          D7          Gm
Pois eu quero me aprumar
C7
Vou tratar você com a força bruta
                   F
Pra pode me reabilitar
           C7          F
Pois esta vida não ta sopa
E eu pergunto: com que roupa
             D7       Gm
Com que roupa, que eu vou,
    C7           F             F7
Pro samba que você me convidou?
         Bb    B°      F  D7
Com que roupa que eu vou
     G7          C7         F
Pro samba que você me convidou?
F
Agora eu não ando mais fagueiro
                     D7         Gm
Pois dinheiro não é fácil de ganhar
C7
Mesmo eu sendo um cabra trapaceiro
                           F
Não consigo ter nem pra gastar
          C7               F
Eu já corri de vento em popa
Mas agora com que roupa?
            D7        Gm
Com que roupa que eu vou
      C7                   F
Pro samba que você me convidou?
         Bb  B°       F   D7
Com que roupa que eu vou
      G7        C7         F
Pro samba que você me convidou?
F
Eu hoje estou pulando como sapo
Pra ver se escapo
       D7         Gm
Desta praga de urubu
C7
Já estou coberto de farrapo
                       F
Eu vou acabar ficando nu
          C7         F
Meu terno ja virou estopa
E eu nem sei mais com que roupa
            D7       Gm
Com que roupa que eu vou
     C7                     F
Pro samba que você me convidou?
         Bb    B°    F     D7
Com que roupa que eu vou
     G7         C7          F
Pro samba que você me convidou?
 
 
Jura
Grupo:Zeca Pagodinho
Tom: C
Introdução: G7 C A7 Dm G7 C A7 Dm G7 C..G7 
C     A7
Jura
Dm    A7  Dm   G7       C    G7
Jura,     jura   pelo Senhor
C     A7
Jura,
      G7    E7         A7   D7        Dm
Pela imagem   da Santa Cruz   do Redentor
          G7
Pra ter valor
      C     A7
A tua jura,
Dm    A7  Dm   G7       C    G7
Jura,     jura   de coração
C           C7
Para que um dia
         F             Fm    C
Eu possa dar-te o meu amor
    A7      Dm     G7 C   C7
Sem mais pensar na ilusão
  F       G7       C        Am
Daí então   dar-te eu irei
         Dm          G7       C    C7
Um beijo puro na catedral do amor
    F            G7
Dos sonhos meus,
    C                Am
Bem juntos aos teus
       Dm          G7      C     G7.... C A7 Dm G7 C A7 Dm G7 C...G7
Para fugir das aflições da dor
C     A7
Jura
Dm    A7  Dm   G7       C    G7
Jura,     jura   pelo Senhor
C     A7
Jura,
      G7    E7         A7   D7        Dm
Pela imagem   da Santa Cruz   do Redentor
          G7
Pra ter valor
      C     A7
A tua jura,
Dm    A7  Dm   G7       C    G7
Jura,     jura   de coração
C           C7
Para que um dia
         F             Fm    C
Eu possa dar-te o meu amor
    A7      Dm     G7 C   C7
Sem mais pensar na ilusão
  F       G7       C        Am
Daí então   dar-te eu irei
         Dm          G7       C    C7
Um beijo puro na catedral do amor
    F            G7
Dos sonhos meus,
    C                Am
Bem juntos aos teus
       Dm          G7      C     G7.... C A7 Dm G7 C A7 Dm G7 C...G7
Para fugir das aflições da dor
 
 
 
Maneco Teleco Teco
Grupo: Zeca pagodinho
Tom: F
Introdução:  Bb Am Gm C7 (2X)
F                                       Dm                     Gm
Teco teleco teleco teco é a batida do Maneco castigando o tamborim
                                        C7/13                       F
Teco teleco teleco teco tá na crista do sucesso até chegar no botequim
C7                 F                    Dm                     Gm
Teco teleco teleco teco é a batida do Maneco castigando o tamborim
                                       C7/13                      F
Teco teleco teleco teco tá na crista do sucesso até chegar no botequim
F                                                Dm                  Gm
Maneco era um sujeito comportado, educado, sossegado, cidadão trabalhador
                     C7                   C7/13                  F
Um dia conheceu a Carolina , uma doçura de menina e aí se apaixonou
C7                        Cm                    F7                           Bb
Carol não tinha lá muito juízo, ele ficou no prejuízo quando o amor chegou ao fim
 
      Bbm6               Am7     D7         Gm7        C7        F       C7
Agora chora no boteco teleco telecoteco, coitado do tamborim, diz aí.
F                                       Dm                     Gm
Teco teleco teleco teco é a batida do Maneco castigando o tamborim
                                       C7/13                      F
Teco teleco teleco teco tá na crista do sucesso até chegar no botequim
C7                  F                    Dm                  Gm
Teco teleco teleco teco é a batida do Maneco castigando o tamborim
                                         C7/13                    F
Teco teleco teleco teco tá na crista do sucesso até chegar no botequim
F                                             Dm                    Gm
Agora apareceu uma comadre, com pinta de madame Maneco se impressionou
                          C7                C7/13                 F
A galera já falou saí dessa lama, ela é malandrona, uma tremenda 171.
C7                            Cm                       F7                       Bb
Cuidado que ela vai sujar teu nome, quer levar teu telefone, o barraco e o tamborim
      Bbm6                        Am7       D7          Gm7     C7              F       
Meu deus do céu já tá pintando repeteco e o sucesso do Maneco está chegando ao fim.